quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

BRASÍLIA CONFIDENCIAL

Clique nas imagens para ampliar






.

PressAA

.

Um comentário:

Bruno Resende Ramos disse...

Ainda bem que descobri esse esconderijo da boa notícia. Fico muito feliz que a Educação seja provida por uma visão inclusiva sem distinções. Muito aprendemos com as revoluções latino-americanas. Que as próximas gerações possam usufruir deste intercâmbio cultural revolucionário. É hora de me achegar mais à "Lengua de la España".

Quero beber dessa fonte.
Amigo jornalista, não sabe a alegria que me traz nesse instante. Nessa perspectiva, cresceremos em ãmbitos tanto culturais quanto econômicos e políticos. Temo muito a prender com essa moçada engajada que virá.

Parabéns ao mestres que oportunizaram que essa ousada e belíssima idéia